03/07/2020

Acipi apoia ação em prol de entidades assistenciais da Festa das Nações

 

A Acipi sediou hoje (3) o lançamento de ação em prol das entidades assistenciais que participam da Festa da Nações de Piracicaba.

O tradicional sorteio terá como prêmio, neste ano, um apartamento, no valor estimado em R$ 250 mil.

O imóvel foi doado pela empresa Embraplan, patrocinadora do evento, que este ano, se ocorrer, chegará a 37ª edição.

Participaram do anúncio o presidente da Acipi, Luiz Carlos Furtuoso; a presidente do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), Sandra Negri; o presidente da Fenapi (Associação Cultural Festa das Nações de Piracicaba), Fábio do Amaral Sanches; o vice-prefeito, José Antonio de Godoy; e os representantes da Embraplan: Antônio, Leandro e Vanessa Valério.

O secretário municipal de Governo e Desenvolvimento Econômico, Kleyton Rohden, e o vereador Lair Braga também estiveram presentes.

De acordo com Furtuoso, o sorteio será uma forma de arrecadar fundos para causas sociais e assistenciais.

“É uma importante contribuição pela compra dos números, para concorrer ao apartamento oferecido pela Embraplan, bem localizado e próximo da área central. O sorteio pode contribuir muito com as entidades que, principalmente neste momento de crise, necessitam de ajuda. Este é o papel da Acipi: contribuir com as instituições e com a cidade de Piracicaba”, ressaltou.

Para a presidente do Fussp, Sandra Negri, a ação é um presente para as entidades beneficiadas.

“Ainda não sabemos se a festa deste ano ocorrerá ou não. Existe a possibilidade, desde que ela tenha todas as condições sanitárias de realização, seguindo o decreto do governador. Essa ação é um presente para as instituições que, embora tenham as verbas dos três níveis de Governo e de outras doações que recebem, sempre precisam de mais e, assim, conseguirão arrecadar um valor muito importante. Ajudará bastante”, disse Sandra Negri.

“Quando percebemos que as instituições teriam essa queda na receita, procuramos encontrar uma forma de contribuir para que causasse um impacto de retorno financeiro com a doação do apartamento. É uma oportunidade de colaborarmos com todas as instituições. Temos certeza que isso trará um bom retorno para todas elas”, destacou Antônio Valério.

Fábio do Amaral ressaltou que a Fenapi integra 20 instituições participantes da festa e que prestam, juntas, mais de 40 mil atendimentos por ano para todos os públicos e em diversos segmentos.

“São serviços muito relevantes, instituições inscritas nos conselhos municipais da cidade. Este ano, como ainda não temos a definição do evento, não sabemos como ficará a continuidade dos projetos que recebem esse aporte da festa, já que temos também a diminuição das doações com este momento de crise. Essa doação veio como uma luva e chegaremos perto de R$ 1 milhão, se conseguirmos vender todos esses números”, disse.

O vice-prefeito, José Antonio de Godoy, destacou que esta contribuição pode servir de exemplo para empresas maiores, já que muitas não firmaram o patrocínio com a festa.

“É nessas horas que são importantes os patrocínios e acreditar e querer fazer o que a Embraplan está fazendo. Nós já temos um compromisso de que serão os patrocinadores do ano que vem, se não tivermos a festa este ano, por conta do auxílio. Temos que agradecer também a Acipi pelo apoio”, afirmou.

O secretário Kleyton Rohden apontou, também, a necessidade da união de esforços sobre a questão.

“Essa contribuição vem num momento importante para suprir a necessidade das instituições. É importante que todos façamos os nossos esforços para que se concretize o maior número de vendas”, citou.

O vereador Lair Braga foi quem levou a ideia do patrocínio da Embraplan como forma de permuta com a doação do apartamento.

Segundo ele, que também era diretor da Apae Piracicaba, esse tipo de ajuda significa muito para as entidades.

“Isso é uma prova que o empresário que empreende em Piracicaba, que ganha honestamente trabalhando aqui, tem a responsabilidade também de fazer o seu ato solidário para a população, principalmente aos que mais precisam”, comentou.

Furtuoso fez questão de comprar o bilhete de número 1. “É simbólico e uma forma de dar um ponta pé inicial e movimentar as vendas”, ressaltou.

 

Como comprar os bilhetes?

O apartamento sorteado tem 61 metros quadrados, dois dormitórios com suíte e duas vagas de garagem cobertas. Ele está localizado na avenida 31 de Março, no bairro Pauliceia.

A contribuição com a compra dos números pode ser feita com as próprias entidades (acesse a lista delas aqui) ao valor de R$ 30 cada e ocorrerá até o mês de dezembro.

Serão 49 mil bilhetes e, portanto, 98 mil números concorrendo, já que ao contribuir, o comprador concorre com dois números de uma vez.

O sorteio ocorrerá no dia 26 de dezembro pela Loteria Federal.