28/05/2021

Acipi recebe Diretoria da FAC-SP, ligada à Facesp, para conhecer as futuras instalações

Qualificação, requalificação inovadora e inteligente do comércio, indústria e serviços, conectando e preparando o profissional para o mundo digital e as práticas profissionais do dia a dia, é a principal característica da FAC-SP (Faculdade do Comércio), ligada à Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), e também das novas instalações da Acipi. Por este motivo, a entidade recebeu uma visita especial do diretor-geral da FAC-SP, Wilson Victorio Rodrigues, que conheceu as futuras instalações para implantação do polo.

Acompanhado do gerente de EAD da FAC, Rodrigo Irineu, o diretor-geral, guiado pelo presidente da Acipi, Luiz Carlos Furtuoso, conheceu os locais onde serão transmitidas as experiências de aprendizado oferecidas pela nova instituição de ensino, que terá ensinos presencial, híbrido e on-line.

As instalações abrigarão, entre outros espaços, ambientes tecnológicos para aprendizagem prática. “Queremos ensinar jovens que estão começando no mercado de trabalho, formar pessoas para crescer, fazer a gestão do negócio, ser gerente. E empreender dentro da empresa. Nosso sonho é trazer esse ensino para o interior, para a Acipi, firmando essa parceria”, ressaltou Furtuoso.

“A Associação Comercial e Industrial de Piracicaba está realizando um investimento na expansão da sede, cujas novas instalações abrigarão a FAC, que operará com alunos presenciais e também à distância. Parabéns a todos pela iniciativa e pelo exemplo”, destacou Rodrigues.

Também participaram da visita Jorge Aversa Junior, vice-presidente da Acipi, e Antonio Carlos de Aguiar Ribeiro, gerente executivo.

Homologação dos cursos

 

Em 13 de abril, o CNE (Conselho Nacional de Educação), do Ministério da Educação, aprovou o credenciamento da FAC para a oferta de cursos superiores na modalidade a distância. Esta foi a penúltima etapa para que as Associações Comerciais possam ser polos. Agora, resta apenas o credenciamento pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro.

A partir da autorização do Ministério da Educação, as Associações Comerciais poderão se transformar em polos de ensino. Diversas reuniões têm sido realizadas com o objetivo de prepará-las.

“As Associações Comerciais podem enxergar o polo como uma oportunidade de entregar valor para o comércio e para o varejo locais. E entregar valor na forma de qualificação, o que é algo muito importante nos dias atuais”, destacou Rodrigues.

Cinco cursos à distância estão à espera desta homologação: Graduação em Administração de Empresas; Tecnologia em Gestão Logística; Tecnologia em Gestão Comercial; Tecnologia em Recursos Humanos e Sistemas para Internet.