17/07/2020

Piracicaba mantém somente atividades essenciais liberadas

No intuito de orientar você sobre as novas decisões da Prefeitura, a Acipi replica a informação de que, após divulgação do Governo do Estado, Piracicaba retornou à fase 1 (vermelha) devido ao aumento no número de casos de contaminação do novo coronavírus.

Por isso, incentivamos todos para que colaborem, cuidem da saúde, fiquem em casa e sigam as normas de higiene, regulamentadas pelos órgãos oficiais. Vamos passar por isso em breve!

 

Piracicaba mantém somente atividades essenciais liberadas

Números de casos de contaminação pelo coronavírus faz a cidade voltar à fase vermelha

 

Fonte: http://www.piracicaba.sp.gov.br/piracicaba+mantem+suspensas+as+atividades+essenciais+liberadas.aspx

 

O grupo de trabalho do coronavírus reuniu-se hoje (17) novamente para discutir as principais ações na cidade no combate à pandemia da Covid-19. Piracicaba na semana passada estava na fase 2 (Laranja), segundo o governo do Estado, mas o grupo pediu que o prefeito Barjas Negri mantivesse na fase 1 (Vermelha), na qual somente as atividades essenciais podem funcionar.

Hoje (17), com o anúncio do governo do Estado de que a região foi para a fase 1 (Vermelha), o grupo entendeu que a decisão tomada foi acertada, apesar da expectativa e a necessidade do comércio e de outras atividades não essenciais de reabertura. Os números de pessoas infectadas e de óbitos continuava subindo.

Pelo Decreto Municipal 18.349/2020, publicado no último dia 13, já ficou estabelecido que o município continuaria somente com serviços essenciais abertos até o dia 30 de julho. Novamente, o prefeito Barjas Negri disse que a decisão não é fácil, pois a retomada da economia é urgente. “Mas ouvindo o grupo e principalmente o secretário municipal de Saúde, dr. Pedro Mello, resolvemos enfrentar as resistências e permanecer com o comércio fechado”, ressaltou o prefeito.

Mais uma vez, o secretário municipal de Saúde, dr. Pedro Melllo, explicou a evolução da doença em números, que continua evoluindo num patamar estável alto. Pedro Mello salientou ainda que grande parte da população não tem feito o isolamento social, o que provoca o aumento de pessoas contaminadas. Ele ainda comentou que a cidade, usando a boa articulação do prefeito, vem trabalhando para ampliar o número de leitos de UTI e de enfermaria.

 

ISOLAMENTO SOCIAL

Mais uma vez, o prefeito Barjas Negri reiterou a importância das medidas de precaução contra o coronavírus, como o uso de máscaras de proteção facial, higiene das mãos e, principalmente, o distanciamento social. “Pedimos novamente que as pessoas fiquem em casa e que só saiam em caso de necessidade. Só assim poderemos voltar, gradativamente, à normalidade”, afirmou.