06/07/2020

Acipi divulga linha de crédito especial do Banco do Brasil para pequenas empresas

Pronampe é disponibilizado por meio de programa do governo federal para atender a empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões; Banco do Brasil oferece consultas para interessados

 

Devido ao momento de incertezas, reflexo da pandemia mundial do Coronavírus (Covid-19), inúmeras são as dificuldades enfrentadas pelas empresas. Pensando em auxiliar os associados a se informar sobre as alternativas presentes no mercado, a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) divulga uma linha de crédito especial disponível nas instituições financeiras, por meio de programa lançado pelo governo federal. Informações sobre condições podem ser buscadas junto ao Banco do Brasil, que apresentou o programa à entidade na última semana.

 

O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) tem foco no desenvolvimento e fortalecimento dos pequenos negócios. O Pronampe foi estabelecido pela lei nº 13.999, de 18 de maio de 2020, para oferecer facilidades em meio à pandemia.

 

Representantes do Banco do Brasil (Agência Empresa Piracicaba – praça José Bonifácio), uma das instituições em que a linha de crédito está disponível, visitaram à Acipi para apresentar as vantagens e detalhar as possibilidades deste tipo de crédito. O gerente geral da Agência Empresa Piracicaba, Fernando Luiz Machado, e o gerente de relacionamento, Fernando José Faleiros Carvalho, foram recebidos pelo presidente da entidade Luiz Carlos Furtuoso.

 

Na ocasião, foi explicado que para aderir ao Pronampe há algumas condições que a empresa deve atender. Uma delas é a de que os empréstimos poderão ser tomados até 30% da receita bruta anual registrada em 2019. Podem solicitar o crédito empresas que faturam até R$ 360 mil por ano (microempresas) e as que tenham faturamento acima de R$ 360 mil até R$ 4,8 milhões/ano (pequeno porte). “A empresa deve ter a carta da Receita Federal na qual conste o faturamento em 2019, com base neste faturamento é que entra a conta dos 30% para pleitear junto às instituições financeiras (o crédito)”, informou Machado. A carta da Receita, segundo explicou, conta com um código (hash code) que valida a possibilidade de a empresa contar com o crédito.

 

Ainda conforme Machado, um diferencial do Banco do Brasil é que a operação de crédito não tem tarifa e não há a necessidade de contratação de seguro prestamista (cobrado em algumas operações para garantir a quitação de uma dívida). “Qualquer agência do Banco do Brasil está apta a receber essa proposta e nós enquanto escritório empresa temos por segmentação esse atendimento das pequenas empresas”, reforçou.

 

Furtuoso completou: “É importante divulgar este tipo de alternativa para o nosso associado. As empresas, principalmente as pequenas, precisam de toda a ajuda neste momento tão difícil que estamos passando”, apontou.

 

Algumas Características da linha de crédito Pronampe:

O Pronampe prevê taxa de juros máxima do valor da Selic – taxa básica de juros, estabelecida pelo Comitê de Política Monetária (Copom), de 2,25% ao ano conforme última atualização – mais 1,25% ao ano. O prazo para quitação das parcelas do empréstimo é de, no máximo, 36 meses, incluído o período de carência, que é de oito meses. É importante lembrar, também, que a cobrança do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) foi reduzida à zero pelo governo federal.

 

Outras informações sobre a linha de crédito no Banco do Brasil podem ser obtidas junto à Agência Empresa Piracicaba, localizada à Praça José Bonifácio, 945 – 3º andar, no Centro. O telefone para outras informações é o (19) 4003- 3001. O atendimento, neste período, ocorre, de segunda a sexta, das 9h às 10h, para grupos de risco, e das 10h às 14h, para o público em geral.